CANUDOS E COPOS DESCARTÁVEIS PODEM ESTAR COM OS DIAS CONTATOS NO ESTADO

Você sabe quantos canudos você usou essa semana? Apesar de não haver um estudo voltado para o consumo de canudos e copos descartáveis no estado do Rio, basta uma visita rápida às padarias, bares e restaurantes – em especial os chamados fast foods – para constatarmos que aqueles, aparentemente, inofensivos materiais são consumidos em larga escala. Passam por nossas mãos em poucos minutos, mas ficam no meio ambiente por 100 anos até se decomporem, como no caso dos canudos, por exemplo. Para diminuir esse impacto ambiental, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) aprovou, nesta quinta-feira (08/03), o projeto de lei 1.456/16, do deputado Marcus Vinícius Neskau (PTB), que obriga os estabelecimentos comerciais a utilizarem canudos e copos fabricados com produtos biodegradáveis em substituição aos descartáveis de material plástico comum.

Além do impacto ambiental, quando caem nos oceanos esses produtos resultam nos conhecidos microplásticos, com enorme potencial de entrar na nossa cadeia alimentar. “O pior é pensar que o produto não faz a menor falta! Sem ele, podemos beber nossos sucos e águas do mesmo jeito. Mudar os nossos hábitos é essencial para fazermos a diferença no planeta e o engajamento dos estabelecimentos é de extrema importância para modificarmos essa cultura. Há locais que por autoconsciência sequer usam mais esse tipo de material”, explicou o deputado Marcus Vinícius. De acordo com a proposta, os estabelecimentos que descumprirem a determinação serão submetidos a multas que podem variar entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, de acordo com o porte do comércio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here